De Rui Garrido a 4 de Julho de 2007 às 06:09
Não sendo eu de extrema esquerda ou sequer de esquerda moderada: quando se faz uma greve, se ela é sentida como justa, tem de ser para doer. Os sindicatos ganharam poder e credibilidade quando não asseguravam serviços mínimos e ameaçavam com greves gerais constantes; e perderam o poder e a credibilidade que tinham quando, entre outras cedências, passaram a assegurar os serviços mínimos.

Ninguém liga nenhuma a um show off inofensivo. As coisas só têm impacto quando são a sério.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres